Páginas

Follow by Email

sábado, 2 de fevereiro de 2008

O poeta Elias

A internet tem destas coisas, fui parar ao Blog http://instantesclarissa2006.blogspot.com/2007/02/instantes-ci.html#7654189672111390166
por acaso, pois que andava à procura de um poeta popular de Mértola, que se chamava Elias.

O poeta Elias de Mértola existiu e eu conheci-o em 1991, conheci-o de uma forma um tanto esquisita, pois que abordou-me numa das ruas de Mértola depois de eu ter ido beber uma bica e ter conversado com colegas de trabalho. O Elias nesse dia estava bastante bebido, mas resolveu «obrigar-me» a ouvir algumas das suas poesias. No dia seguinte, já sem vapores do alcóol veio pedir-me desculpa se me tinha aborrecido. Hoje ao ler isto, lembrei-me dele, e das suas artes. Já que para além de poeta também pintava murais naifs nas paredes de alguns cafés da vila.
Nunca consegui adquirir nenhum livro dele, mas ele editou as suas poesias em livros de autor, em edicções reduzidas.
Só que em Mértola, no início dos anos 90, o Elias era uma figura típica da terra, mas que fugia dela para se refugiar em Lisboa, voltanto ao seu poiso para retemperar energias, e provavelmente para se inspirar para escrever mais umas quantas poesias.
Postar um comentário